CAIC "ANTÔNIO PALOCCI"
(CAIC - Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente)

Histórico da Escola

O CAIC "Antônio Palocci" foi inaugurado no dia 2 de julho de 1994. Estava lançado mais um desafio... uma nova escola... uma nova prosposta... 

Considerado pelos próprios alunos como "uma escola diferente...", o CAIC diferencia-se das outras escolas não só pelo aspecto arquitetônico, mas também pela distribuição do espaço e integração social. Com o tempo, o que era uma proposta "de longe" foi se transformando, adquirindo características próprias, enfim, hoje as propostas fluem a todo momento ... o CAIC cresceu.

Dentro de um mesmo prédio funcionam duas secretarias, Educação e Cidadania, um anexo do Conselho Tutelar e o núcleo da Criança e do Adolescente, tudo interagindo no mesmo espaço. Estão em funcionamento atualmente 26 salas de aula do Ensino Fundamental - Ciclo I e II e 9 salas de Supletivo Noturno, 3 salas de Alfabetização de Adultos, 2 turmas de Treinamento Desportivo, Projeto de Informática "Portal da Juventude" do Ribeirão Jovem, PAC (Programa de Aprendizagem Contínua). E se a meta da administração pública é construir uma comunidade participativa, o CAIC tem cumprido esse objetivo durante sua existência. O CAIC oferece nos finais de semana a possibilidade de práticas esportivas, PIC (Programa de Integração Comunitária - Treinamento de voley), viabiliza aulas de catequese para comunidade, capoeira, oferece espaço para realização de cursos e oficinas, abriga grupos para encontros religiosos, sociais.

Histórico do Patrono

O Professor Antônio Palocci nasceu em Ribeirão Preto em 1918 e faleceu em 1987. Profundamente ligado à cultura, produziu várias obras de arte hoje espalhadas pela cidade. Entre as mais conhecidas estão a Santa Ceia da Catedral Metropolitana e a imagem de Nossa Senhora de Fátima dos Estigmatinos. Foi funcionário público durante 35 anos, um dos fundadores da Escola de Belas Artes, precursor do SARP, tendo dirigido por um determinado período os Museus Municipais. Foi coordenador da Casa da Cultura e tornou-se uma pessoa das mais conhecidas e respeitadas da cidade.

                                      ENQUADRAMENTO LEGAL:

     Ato legal de criação: Criada pela Lei Municipal nº 6655/93 e autorizada por  Portaria de 17/05/96, da Dirigente Regional de Ensino da 2ª D.E./RP.

     Autorização de curso: Parecer de 25/11/98, publicado em DOE de 01/12/98, pág. 12.